Coletivos montam vigília de resistência na Cracolândia em São Paulo

Foto: Daniel Arroyo

Vigília busca ocupar Cracolândia em SP com atividades culturais e resistir a possíveis ações violentas contra pessoas em situação de rua

Desde o início de janeiro de 2017 diversos coletivos montaram uma operação de vigília na região conhecida como Cracolândia, no bairro da Luz, região central de São Paulo. A ideia da vigília “A Craco Resiste” é ocupar o local  com diversas atividades culturais durante o dia, além de propor uma vigilância noturna contra qualquer tipo de ação violenta pela polícia contra os usuários de crack e as pessoas em situação de rua.

Dentro do cronograma apresentado estão planejadas atividades durante todo o mês de janeiro, entre elas, rodas de capoeira, futebol noturno e Cine resistência. É possível consultar as atividades pelo Facebook.

Foto: Daniel ArroyoFoto: Daniel Arroyo

Um dos eventos da programação aconteceu na tarde do último domingo (8/1): o “Churrascão na Craco – Morador de Rua não é lixo”, que reuniu moradores da Cracolândia e ativistas na Rua Helvetia, onde o churrasco contou com uma roda de samba. A proposta é que o mês todo seja de resistência e confraternizações.

Comentários

Comentários

Enviar um comentário