Festival DoLadoDeCá une a várzea contra a morte de jovens negros nas quebradas

4 minutos atrás

Festival DoLadoDeCá reúne equipes tradicionais da várzea em um encontro pelo Progresso Compartilhado das quebradas

Daqui a duas semanas (3), acontece a segunda rodada da terceira edição do Festival DoladoDeCá, um dos principais eventos do futebol de várzea de SP

Festival DoLadoDeCá
Festival DoLadoDeCá une a várzea em SP – Foto: Guma

Além de reunir 20 equipes importantes da periferia de São Paulo e abrir espaço para jogos entre equipes femininas, times veteranos e a categoria juvenil sub-17, a terceira edição do Festival do DoLadoDeCá  destaca a realização da campanha “Contra a Morte de Jovens Negros na Periferia”, uma iniciativa focada em inserir o mundo da várzea na defesa dos Direitos Humanos  e da Juventude Negra e Periférica.

O objetivo do festival é consolidar o futebol de várzea como um dos pilares da cultura periférica. A organização é da Rede DoLadoDeCá, especializada em pesquisas de mercado e ativação de marcas junto às classes populares por meio do Negócio Social.

 A primeira rodada, ocorreu ontem (19) no campo do Jardim Paulistano, localizado no Jardim Iguatemi, na zona Leste, das 11h às 19h30. No dia 3 de dezembro, os jogos são no campo do Vila Isabel, na cidade de Osasco, região metropolitana de São Paulo.

Segundo Carlos Canu, diretor da Rede DoLadoDeCá, o festival deste ano irá mostrar a força do futebol de várzea na promoção de ações sociais e culturais dentro da periferia. “A juventude negra e periférica faz parte da história de criação da várzea, por isso chegou a hora das equipes se unirem ainda mais dentro e fora de campo, para combater o genocídio. E isso justifica a criação desta campanha, pois reconhecemos o valor da militância social e cultural que cada equipe desenvolve em suas comunidades”, enfatiza ele, explicando que a iniciativa de fazer a campanha surgiu com o engajamento e a articulação da Rede Doladodecá com as ações afirmativas promovidas pela Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial.

Tati Ivanovici foi a idealizadora do festival para unir a várzea de SP
Tati Ivanovici foi a idealizadora do festival para unir a várzea de SP

Outro diferencial do evento é a ativação da economia local, por onde passam as equipes, torcidas e artistas. “Nós buscamos agregar ao evento novos significados, como o empreendedorismo social, geração de renda  e oportunidades de  negócio para todas as pessoas envolvidas, pois desta forma, podemos deixar um legado positivo, por onde vamos passar com as partidas do Festival”, afirma o diretor da Rede DoLadoDeCá.

Com uma expectativa de público estimado em 15 mil pessoas, a terceira edição do evento conta outros atrativos além do futebol.”O encerramento do festival é sempre um momento marcante na vida dos moradores da comunidade e das equipes, pois ele mescla a euforia das torcidas com as apresentações musicais no final dos jogos”, diz Canu.

Ele reforça que todas as expressões culturais e esportivas que acontecem durante o Festival DoLadoDeCá são registradas pelas vozes do Narra Várzea. “Quem estiver presente na beira do campo, assistindo uma das partidas vai vibrar e interagir com cada lance dos jogos, pois além das grandes equipes, teremos a presença do Narra Várzea para comentar e narrar os jogos”, relata ele, explicando que o Narra Várzea é um projeto criado por músicos, poetas e articuladores culturais da periferia, para fazer os comentários em beiras de campo durante os jogos, mesclando poesia e música.

O Festival DoLadoDeCá foi criado em 2014 pela jornalista Tatiana Ivanovici. A essência do evento surge da admiração da jornalista pelo esporte e pela transformação social promovida pelas equipes em suas comunidades. A partir destas referências, o evento se tornou uma importante ferramenta para reunir anualmente as principais equipes para destacar o esporte como um dos principais pilares da cultura periférica.

Festival DoLadoDeCá reúne equipes tradicionais da várzea em um encontro pelo Progresso Compartilhado das quebradas
Festival DoLadoDeCá reúne equipes tradicionais da várzea em um encontro pelo Progresso Compartilhado das quebradas

Veja os endereços das duas rodadas do festival:

1° Rodada – Festival Doladodecá 2016
Local: Campo do Paulistano
Endereço: Av. Ragueb Chohfi, 5450 – Jardim Iguatemi – São Paulo/SP
Data: 19/11
Horário: das 10h às 19h
Entrada: Gratuita

Os jogos de ontem foram:

11h: Paulistano x Nove de Julho (jogo de veteranos)

12h30: Fumaça x Santa Tereza

13h45: Ajax x Interpânico

15h30: Ouro Preto x Boa Esperança

16h45: Grêmio x Brasília

18h: Favela x Portuguesa

2° Rodada – Encerramento do Festival Doladodecá 2016:
Local: Campo Toca da Coruja – Vila Isabel
Endereço: Avenida Eucalipto, 281, Osasco/SP
Data: 03/12
Horário: 10h
Entrada: Gratuita

Confira o documentário feito pela PorqueEu sobre o festival de 2014:

http://https://www.youtube.com/watch?v=J8PWZ0A9wZE

Comentários

Comentários

1 Comentário

Enviar um comentário