Detenção de pichadores dobra em meio à criminalização de Doria

Número de detidos por pichar ou grafitar na cidade passou de 22, em janeiro passado, para 50, no mesmo mês deste ano